Linha de Apoio808 200 199

Europacolon alerta para as graves consequências, para os doentes oncológicos, da greve dos Enfermeiros

2019-02-08

A Direção da Europacolon Portugal, Associação de Apoio ao Doente com Cancro Digestivo, vem mostrar a sua preocupação pelas graves consequências, para os doentes oncológicos, da greve dos Enfermeiros, em curso.

Preocupado, Vítor Neves, Presidente da Associação, esclarece que “Independentemente da legitimidade jurídica de cada área profissional poder utilizar o direito à greve como instrumento de pressão reivindicativo, as consequências desta greve, contínua, dos enfermeiros está a aportar danos e sofrimento irreparáveis aos doentes oncológicos”.

Já em situação normal é de todos conhecida a dificuldade que o SNS atravessa nomeadamente com as listas de espera para cirurgia e início de tratamento oncológico.

É também reconhecido que a cirurgia, na área oncológica, é o acto prioritário com intenção curativa que deve ser efetuado o mais rapidamente possível.

O que está a acontecer, face à tomada de posição destes profissionais de saúde, é que vêm sendo adiadas, diariamente, centenas de cirurgias em vários hospitais pondo em causa a saúde e, em muitos casos, a vida dos cidadãos já que muito tardiamente vão ser retomadas.

Por outro lado é urgente a redefinição dos chamados “serviços mínimos”, na área da oncologia. Devem ser inseridas dentro desta condição todas as cirurgias oncológicas, todos os tratamentos oncológicos, quimioterapia e radioterapia, iniciais e de continuidade, bem como todos os diagnósticos complementares necessários à definição do diagnóstico e avaliação da evolução dos tratamentos.

Segundo Vítor Neves, as normas de definição dos serviços mínimos não podem ser uma questão politica mas sim técnica.

A Europacolon Portugal, Associação de doentes que todos os anos vê aumentada a sua lista com mais de 13000 novos doentes, vê com preocupação e angústia esta situação.

Haverá algum Direito que se possa sobrepor ao Direito à Saúde e à Vida das pessoas?!

Entendemos que os intervenientes neste processo, Tutela e Sindicatos, devem assumir que, a bem dos cidadãos, têm de chegar a acordo rapidamente.

A Europacolon está disponível para poder, da forma que entenderem, participar numa solução que proteja o bem-estar dos doentes oncológicos.

Fevereiro 2019
DomSegTerQuaQuiSexSab
     12
3456789
10111213141516
17181920212223
2425262728  
´
Europacolon nos media VER TODO O ARQUIVO





Visitantes

Flag Counter