Linha de Apoio808 200 199

Radioembolização: Tratamento com micro-esferas de resina de ítrio-90 (SIR-Spheres)

O FígadoO Cancro do FígadoAs Metástases no FígadoNúmeros do Cancro do FígadoSintomas Diagnóstico do Cancro do FígadoTratamento • Tratamento com micro-esferas de resina de ítrio-90 (SIR-Spheres - SIRTEX)
 

É um tratamento dirigido aos tumores hepáticos, consiste na administração de milhares de microesferas microscópicas com um produto radioactivo, o Y90, directamente nos tumores hepáticos através das artérias que irrigam o tumor. As microesferas ficam alojadas no tumor libertando radiação localizada o mais possível no tumor e poupando o restante fígado.


Vídeo explicativo (em inglês):


 

Este tratamento pode ser aplicado de forma sequencial com a quimioterapia ou com a cirurgia. O tempo adequado para a sua aplicação depende da evolução do tumor e do próprio estado do doente.

Para ser seleccionado para este tratamento fará previamente um estudo de análises do sangue, um estudo de TAC ou Ressonância Magnética ou PET e um estudo dos vasos hepáticos (uma arteriografia com macroagregados de albumina a simular o tratamento), que indicarão se o tratamento é adequado e seguro no seu caso.

O tratamento é efectuado por uma equipa de médicos composta por especialista de Radiologia de Intervenção e um especialista em Medicina Nuclear.

Como se administram as microesferas? O exame é efectuado na sala de angiografia. É feita uma pequena incisão para puncionar a artéria, habitualmente na virilha. Introduz-se um catéter que vai até à artéria que irriga o fígado. As microesferas são administradas através deste catéter.

Logo após o tratamento fará outros exames de medicina nuclear para verificar adistribuição das microesferas.


As orientações clínicas publicadas pela Sociedade Europeia de Oncologia Médica (ESMO-European Society for Medical Oncology) aprovam a radioembolização, com o uso de microesferas de resina de ítrio-90 SIR-Spheres® como uma tecnologia comprovada para “prolongar o tempo de vida sem progressão dos tumores do fígado” em pacientes com cancro colo-rectal metastático (mCRC) que não responderam de forma eficaz às opções disponíveis de quimioterapia. As microesferas são extremamente pequenas (cerca de um terço do diâmetro de um fio de cabelo) que contêm ítrio-90 radioativo. São injectadas nos tumores hepáticos e, por causa de seu pequeno tamanho e peso, são libertadas nos pequenos vasos sanguíneos que rodeiam os tumores. Em seguida, a radioactividade atua directamente nas células tumorais, a fim de destruí-las.

A radiação é uma forma efectiva de destruir os tumores e é utilizada frequentemente no tratamento do cancro. Devido ao facto de que a radioterapia pode prejudicar alguns órgãos e tecidos mais sensíveis, só pode ser aplicada de forma doseada e cuidadosa em partes distintas do corpo.

O fígado é um órgão sensível e como tal só tolera pequenas doses de radioterapia externa, mas através do tratamento das microesferas de resina de ítrio-90 SIR-Spheres®, pode ser aplicada uma larga dose de radiação focalizada directamente no tumor, através da injecção pela artéria hepática.

As microesferas ficam presas nos pequenos vasos sanguíneos do tumor no qual aplicam a radiação para uma área envolvente a cada esfera de 2 a 3 mm, sendo o efeito da radiação aplicado no tumor e em muito pequena escala no tecido saudável do fígado.

As microesferas só se mantêm radioactivas durante um período limitado de tempo. Após duas semanas, apenas 3% da radiação inicial se mantém e após um mês já perdeu toda a radiação. As microesferas ficam no fígado permanentemente e sem qualquer efeito prejudicial.



Depoimentos de pacientes (em inglês) - Clicar na imagem para aceder



 

Dezembro 2017
DomSegTerQuaQuiSexSab
     12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31      
´
Europacolon nos media VER TODO O ARQUIVO





Visitantes

Flag Counter